Biblioteca Digital
TopBannerHome



Endereços de nossas bibliotecas

1. Biblioteca Nair Lacerda - Praça IV Centenário, s/nº - Centro. Tel.: (11) 4433-0768. E-mail: bnlacerda@santoandre.sp.gov.br. Horário: segunda a sexta-feira das 9h às 18h e sábados das 9h às 12h. Estacionamento do Paço Municipal. Acesso a pessoas com deficiência.

2. Biblioteca Cata Preta - Estrada da Cata Preta, 810 - Vila João Ramalho. Tel.: (11) 3356-7729 e 7730 Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

3. Biblioteca Cecília Meireles - Praça Valdemar Soares, s/nº. Parque das Nações. Tel.: (11) 4401-4533. Horário: segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30. Acesso a pessoas com deficiência.

4. Biblioteca CEU Jd. Marek - Praça Jabuticabeiras (Rua Eng. Alfredo Heitzmann) - Jd. Marek. Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

5. Biblioteca Jardim Santo Alberto - Rua Petrogrado, s/nº - Jardim Santo Alberto. Tel.: (11) 3356-8078 -4975-17-07. horário: segunda a sexta feira das 8h as 18h. Acesso a pessoas com deficiência.

6. Biblioteca Vila Sá - Av. Nova Iorque, s/nº Vila Sá Tel: 3356-7793 Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 13h e das 14h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

7. Biblioteca Vila Humaitá - Rua Guerra Junqueira, 366 - Vila Humaitá. Tel.: (11). 3356-7782 Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 11h e das 12h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

8. Biblioteca Parque Erasmo - Rua Ipanema, 253 - Parque Erasmo Assunção. Tel.: (11). 3356-7958 e 3356-7957 Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 18h. Acesso a pessoas com deficiência.

9. Biblioteca Paranapiacaba - Avenida Rodrigues Alves, s/nº - Vila de Paranapiacaba. Horário: segunda a sexta-feira das 9h às 16h. Acesso a pessoas com deficiência.

10. Biblioteca Praça Internacional - Rua Tanganica, 385 - Parque Novo Oratório. Tel.: (11) 4479-0303. Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

11. Biblioteca Vila Floresta - Rua Parintins, 344 - Vila Floresta. Tel.: (11) 3356-7777, 3356-7778. Horário: segunda a sexta feira das 9h às 12h e das 13h às 18h. Acesso a pessoas com deficiência.

12. Biblioteca Vila Linda - Rua Carijós, 2.286 - Vila Linda. Tel.: (11) 3356-8021. Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.

13. Biblioteca Vila Palmares - Rua Armando Rocha, 220 - Vila Palmares. Tel.: (11) 3356-7789 e 3356-7790. Horário: segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h. Acesso a pessoas com deficiência.


BIBLIOTECAS TEMÁTICAS

14. Biblioteca de Artes Dramáticas (ELT) - Teatro Conchita de Moraes - Escola Livre de Teatro - Praça Rui Barbosa, s/nº - Santa Terezinha. Tel.: (11) 4996-2164. E-mail: escolalivre@ig.com.br. Horário: segunda a sexta-feira, das 14 às 18h30 e das 19h30 às 21h.

15. Biblioteca da Casa do Olhar "Luiz Sacilotto" - Rua Campos Sales, 414 - Centro. Tel.: (11) 4992-7730. E-mail: bibliotecadoolhar@santoandre.sp.gov.br. Horário: terça a sexta-feira das 10h às 17h. Acesso para pessoas com deficiência.

16. Biblioteca da Casa da Palavra - Praça do Carmo, 171 - Centro. Tel.: (11) 4992-7218. E-mail: bibliotecadapalavra@santoandre.sp.gov.br Horário: segunda a sexta-feira, das 10h às 13h e das 14h às 17h. Atividades gratuitas.

17. Biblioteca do Centro de Dança - Rua Dr. Eduardo Monteiro, 410 - Jardim Bela Vista. Tel.: (11) 4438-5021. E-mail: bibliotecadanca@santoandre.sp.gov.br Horário: de segunda a sexta-feira das 9h às 12h e das 14h às 17h. Acesso para pessoas com deficiência.



Biblioteca e Serviços

A Biblioteca Municipal de Santo André começou a funcionar em 8 de abril de 1954, na Rua Coronel Alfredo Fláquer, graças aos esforços da escritora e jornalista Nair Lacerda, na época diretora do Departamento de Educação e Cultura.

Com um acervo inicial de 4 mil volumes, funcionou nesse endereço alugado durante 15 anos, até que em 1971 foi transferida para um prédio próprio, localizado no Centro Cívico de Santo André, com área de 2780m². Em 1987 a Biblioteca teve seu nome alterado para Biblioteca Municipal Nair Lacerda, em homenagem à sua idealizadora.

Atualmente, suas instalações internas ocupam aproximadamente 2 mil m² divididas em acervos de livros, de periódicos, de gibis, espaço infantil, espaço braille e espaço do escritor.

Objetivando ampliar a oferta de bibliotecas públicas para a população de Santo André, em 1968 a prefeitura do município inaugurou a Biblioteca Distrital Cecília Meireles, localizada no Parque das Nações.

Além disso, a partir da implantação dos CESAs (Centros Educacionais de Santo André), no final da década de 70, uma biblioteca ramal foi criada dentro de cada um desses Centros, objetivando atender a população escolar e a comunidade do entorno. Atualmente existem cerca de10 bibliotecas ramais, 9 vinculadas ao CESA e 1 não vinculada, localizada em Paranapiacaba.


A Rede de Biblioteca Públicas de Santo André oferece os seguintes serviços:

Biblioteca Nair Lacerda
Biblioteca de Pesquisa: Localizada no 1º andar, destina-se a todos que desejam realizar pesquisas ou utilizar o espaço para estudo com material próprio.

Biblioteca Circulante: Localizada no 2º andar, destina-se ao empréstimo de livros (ficção, didáticos e técnicos) e DVDs. Para ter direito ao empréstimo dos materiais, o usuário deve fazer o cadastro de sócio.

Espaço dos Escritores do Grande ABC: Localizado no 2º andar, destina-se ao lançamento de livros de escritores da região, bem como à sua divulgação e exposição no próprio local. O Espaço também promove o sarau "Quatro dedos de prosa" (toda segunda terça-feira do mês), em que esses escritores apresentam suas obras e debatem temas variados.

Espaço Infantil: Localizado no 2º andar, este ambiente reúne o acervo dedicado ao público infantil e infanto-juvenil. Aos sábados acontece a "Hora do Conto", uma apresentação de histórias, contos de fada, contos tradicionais, fábulas etc.

Biblioteca Braille: Localizada no 1º andar, disponibiliza acervo de livros em braille e livros falados. Os materiais estão disponíveis para empréstimo aos associados.

Biblioteca de Periódicos: Localizada no 2º andar, destina-se à leitura de jornais e revistas. Possui arquivo de recortes de jornais (hemeroteca) de temas variados para pesquisa e banco de dados - Magazine Virtual - com artigos de jornais e revistas disponíveis para consulta por autor, título ou assunto.

Telecentro: Localizado no 2º andar, disponibiliza aos usuários computadores para acesso agendado à internet, sendo um deles adaptado para o uso específico de pessoas com deficiência visual.

Gibiteca: Localizada no 1º andar, foi criada em 2001, com acervo constituído por gibis, fanzines, livros sobre histórias em quadrinhos, mangás, graphic novels etc. Desde 2003, o espaço realiza oficinas permanentes de HQ, desenho e ilustração e exposições dos trabalhos dos alunos e de personagens marcantes das histórias em quadrinhos.

Caixa Estante: Tem por base o projeto "O livro vem até você", criado em 1987, com a finalidade de levar pequenos acervos à instituições previamente cadastradas no serviço.

Visitas Monitoradas: realizadas mediante agendamento prévio e preenchimento de formulário pelo responsável do grupo interessado. As visitas incluem apresentação dos serviços oferecidos pelos setores da biblioteca, com acompanhamento de bibliotecário.


Biblioteca Distrital
Consulta de livros para pesquisa no local e empréstimo domiciliar Leitura de jornais e revistas Oficinas de desenho, ilustração, contação de histórias etc. Encontro com escritores do ABC


Bibliotecas Ramais
Consulta de livros para pesquisa no local e empréstimo domiciliar Leitura de jornais e revistas Oficinas de desenho, ilustração, contação de histórias etc.


Bibliotecas Temáticas
Bibliotecas temáticas são espaços que reúnem acervos de temas específicos, tais como literatura, artes, dança, teatro e afins, os quais visam fornecer informações de qualidade a pesquisadores, à população e a todos aqueles que se interessarem.


Biblioteca Digital de Santo André

A Biblioteca Digital de Santo André é um portal de informações alinhado aos atuais padrões internacionais de disseminação do conhecimento. A espinha dorsal desse projeto é o acesso ao banco de dados bibliográfico e texto integral da Rede de Bibliotecas de Santo André sendo que a diferenciação dos serviços está na forma desse acesso e no conteúdo disponível. Mais do que um simples catálogo de obras nossa intenção foi construir um canal de comunicação interativo com nosso público transcendendo para o mundo virtual o alcance de nossos produtos e serviços.

As inovações tecnológicas que temos vivenciado alteraram profundamente o modo como a sociedade se relaciona com as informações necessárias ao seu cotidiano. A urgência tornou-se a base para a obtenção e o processamento dessas informações, pois, se antes a espera de dias ou horas era tolerável, hoje a resposta deve chegar em segundos. Para as bibliotecas isso não é diferente, elas estão imersas nessas mudanças, pois lidam diretamente com o aumento vertiginoso da produção do conhecimento. Hoje a tarefa principal das bibliotecas é a disseminação desse conhecimento, de modo a torná-lo acessível ao maior número possível de pessoas em qualquer lugar do planeta. Assim, é indispensável à biblioteca e ao seu profissional, o bibliotecário, estarem atentos às "novas exigências que implicam não apenas a implementação de novas ferramentas em sua rotina, mas uma nova concepção de planejamento e trabalho que incorporem a noção de fluxo informacional" (ORTEGA, 2002).

Ultimamente a biblioteca pública tem recebido cidadãos sintonizados à essas mudanças e, estes agora, mais exigentes quanto às suas necessidades informacionais. Em muitas circunstâncias é um público que renuncia à visita presencial e prioriza o modo de atendimento on-line. Um modelo para atender essas novas exigências é tornar a biblioteca um abrangente sistema de informação comunitária, o que inclui o manejo da informação bibliográfica tradicional, bem como de outros tipos de informações que se encontram dispersas ao nosso redor, a chamada informação não estruturada. São informações bibliográficas e muitas outras com tipos e suportes diferenciados.

Com relação a Rede de Bibliotecas de Santo André o início de nossa jornada tecnológica começou no ano de 2001, época do lançamento da Biblioteca Virtual de Periódicos, um sistema web de consulta a artigos de periódicos impressos e digitais da imprensa geral. Foi o primeiro sistema de uma biblioteca pública no Brasil a permitir a aquisição do conteúdo integral de artigos de jornais e revistas. Na realidade é ainda um dos únicos sistemas que permitem o acesso livre ao texto integral de artigos que foram preparados tecnicamente por profissionais da informação para facilitar sua busca e obtenção.

Outro marco em nosso aprimoramento tecnológico foi o desenvolvimento do sistema Fênix, no ano de 2009. O Fênix é um software para bibliotecas completo que atende todos os requisitos para a gestão de acervos de bibliotecas públicas de grande porte. Foi um sistema inteiramente desenvolvido pelos profissionais da própria Rede de Bibliotecas de Santo André e hoje é referência na região

A porção mais importante do Fênix é o portal de buscas na Internet, pois é com essa ferramenta que o usuário externo pode interagir. Esse portal foi totalmente reestruturado no ano de 2011. Sua característica principal é permitir uma consulta semelhante aos buscadores da Internet, como o Google. Geralmente as páginas de busca de sistemas de bibliotecas são muito complicadas para o público leigo. São muitos detalhes e muitos campos a serem preenchidos antes de se realizar uma simples busca. Nessas páginas para uma pesquisa específica, ou seja, quando são usados tipos diferentes de dados para a consulta, deve-se determinar quais são esses tipos de dados. Por exemplo, para uma pesquisa do assunto e o autor de uma obra deve-se digitar cada termo em um campo diferente. Em um local digita-se o assunto e especifica-se que o tipo de campo desejado é ASSUNTO e em outro local digita-se o autor e especifica-se que o tipo de campo é AUTOR. No novo portal de buscas da biblioteca de Santo André esse conceito complicado de buscas foi banido. Por que? Porque atualmente todos estão acostumados às consultas fáceis e rápidas da web. Nada mais natural do que as bibliotecas acompanharem esse conceito. Em um Google, por exemplo, basta digitarmos as palavras ou frases em um único lugar e os resultados surgem. Esses sites de busca são muito eficientes em termos de praticidade e foi essa funcionalidade que direcionou o desenvolvimento de um sistema de buscas altamente simples, mas muito eficiente, que hoje está implementado em nosso portal de consultas.

Hoje nosso desejo constante de inovação está no desenvolvimento e implantação do projeto Biblioteca Digital de Santo André. Novamente com olhos às necessidades do público de nossa Rede de Bibliotecas agregamos novos serviços ao portal de consultas. Este, agora, tornou-se um verdadeiro e gigantesco banco de dados bibliográficos e full-text, isto é, um banco de dados que disponibiliza para consulta e acesso desde a referência bibliográfica de um livro, um artigo de jornal ou de revista, até o próprio texto integral do documento, disponível digitalmente.

O projeto Biblioteca Digital foi iniciado em março de 2013 e, antes mesmo de seu lançamento oficial, já rende bons frutos. Por isso, podemos afirmar que, justamente em função desse revigorante resultado, temos a certeza de que em breve nascerão muitos outros projetos e ações sempre com a finalidade de facilitar cada vez mais o acesso à e utilização da informação.


Prêmio Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas

A Biblioteca Digital de Santo André recebeu em 2014 o prêmio Boas Práticas e Inovação em Bibliotecas Públicas uma iniciativa do Ministério da Cultura por meio do Fundação Biblioteca Nacional e do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP).

O objetivo do edital foi conceder prêmios para, iniciativas reconhecidas como boas práticas, ou inovadoras, que vêm sendo aplicados em bibliotecas públicas, municipais e estaduais, a fim de promover ações voltadas para a qualificação dos serviços oferecidos e a sustentabilidade desses equipamentos culturais.

O Projeto Biblioteca Digital de Santo André implementou a inovação no catálogo online da biblioteca, ultrapassando os limites tradicionais destes sistemas com a criação de um banco de dados com mais de 210 mil documentos, sendo 22 mil documentos digitais disponíveis para download gratuito.

A iniciativa também propiciou a criação de meios para aumentar o interesse do público na navegação e busca de informações. A principal característica, nesse sentido, foi descomplicar a realização de pesquisas online com a adoção da busca ampla. Esta busca segue os príncipios de simplicidade e eficiência que estão nos buscadores tradicionais. Ou seja, em uma única caixa de texto é possível digitar qualquer termo de busca sem a preocupação de distinguir os tipos de campos, a pesquisa também é realizada simultaneamente em todos os materiais disponíveis no banco de dados.

topo da página
topo da página
topo da página
topo da página
 
  Consultas   Bibliografias   Mais...  
       ► Ampla (home)        ► Sobre Santo André        ► Sobre nós  
       ► Somente Documentos digitais        ► Trabalhos Acadêmicos sobre Santo André        ► Top 20 das obras mais emprestadas  
       ► Consulta Avançada        ► Sobre Paranapiacaba        ► Informações sobre nosso acervo  
       ► Acervos das Bibliotecas        ► Autores da Região        ► Lista de Livros Eletrônicos  
       ► Acervos das Bibliotecas (especificado)        ► Políticas Culturais (ebooks)        ► Obras recém chegadas  
       ► Livros Eletrônicos        ► Sobre Dengue        ► Acesse sua conta (Biblioteca Circulante)  
       ► Catálogos de Autores e Assuntos        ► Biblioteca Viva        ► Envie seu comentário  
       ► Artigos de periódicos            ► Doações de livros  
       ► Acervo audiolivros e livros falados            ► Acervo doado pela FBN  
       ► Vídeos            ► Situação de exemplar  
             
       ► HQs da Gibiteca          
       ► Produção Acadêmica          
       ► Crônicas de Nair Lacerda          
       ► Pinacoteca de Santo André          
  Periódicos          
       ► Consulta Avançada          
       ► Artigos mais recentes          
       ► Coleção por Revista e Jornal          
             
 
 
Prefeitura de Santo André | Secretaria de Cultura (SC)
Biblioteca Digital | Biblioteca Nair Lacerda | Rede de Bibliotecas de Santo André
Pc. IV Centenário S/N, Centro (Paço Municipal) - Santo André - São Paulo
Horários: segunda a sexta das 9h as 18h, aos sábados das 8h as 12h
Tel.: (11) 4433-0768   bnlacerda@santoandre.sp.gov.br
 
Os sistemas Fênix Gestão de Acervos e Biblioteca Digital de Santo André são desenvolvidos pela Prefeitura de Santo André